quinta-feira, maio 18, 2006

Pick Up

Andou, parou, cansou-se e me amou.
Fez aquela cara engraçada de quem quer falar e não sabe o que dizer.
Risonha, observou tudo à sua volta.
Às vezes, rebelde, dispõe-se a quebrar tudo. E quebra.
Depois, dorme.
Cansada, e feliz, dorme sobre os escombros.
Falta pouco para eu sair correndo, mas aquela doçura meio alienada me atrai. Tornei-me um satélite seu.
Em fúria, erra conscientemente e depois se arrepende. Quer ir embora.
Mas sempre é uma surpresa, é sempre tão bom! Seus olhos grandes e pidões, sua boca escancarada, ou para rir ou numa careta de raiva, e depois suas mãozinhas engraçadas, gesticulando muito e por qualquer coisa.
Ela caça borboletas. É um horror.
Se continuar muda, e parar com essa mania da caça, um dia será perfeita.

Um comentário:

Cristine disse...

Oi!
Vi o link na comunidade "Melhores Livros / Literatura", e vim dar uma olhada. Vc responde aos tópicos bem o suficiente pra convencer que valia a pena =)
Comecei a ler blogs recentemente, com o convite da Deborah (A Mente da Mulher), e gostei da diferença entre o seu e o dela.
O dela é tudo o que eu gostaria de ser..com data certinha pra postar, temas sempre relevantes, etc..
E o seu é uma delícia de ler..vários pensamentos jogados, não aleatóriamente, e sim com uma lógica impressionante!
Aaah..não sei se deu pra entender..sou péssima com as palavras.
Mas eu adorei o que vc escreve, e principalmente, como escreve.
Bah..tá bem zuado o comentário..mas..espero que goste, assim como eu gostei do que vc diz.
Beijos.