quarta-feira, janeiro 11, 2012

Impressionante

Tenho a fama de ser uma pessoa fleumática. Quando salto de bungee jump, sempre faço aquela cara blasé enquanto tomo um chazinho de hortelã e dou uma olhada na Folha Ilustrada.
Não costumo me impressionar com esportes radicais e já dormi em pleno vôo da esquadrilha da fumaça. Eu era um dos pilotos.
É que desenvolvi nervos de aço depois de trabalhar numa escola infantil por delirantes e frenéticos 8 meses.
Hoje sou capaz de encarar qualquer desafio, sem temor: grandes altitudes, labaredas gigantescas, feras selvagens, criaturas do além, bibliotecárias prolixas, ninjas, filme do Tom Cruise, tudo.
Talvez a única coisa ainda capaz de me causar espanto seja a prodigiosa capacidade da minha mãe de colecionar potes vazios de margarina. Por via das dúvidas, sempre que a visito evito abrir os armários da cozinha, para não causar uma avalanche.

Um comentário:

Luís Gustavo Brito Dias disse...

- eu já superei os potes de margarinas, de sorvetes de 2L, os copos de requeijão... mas não consigo encarar os filmes do Tom Cruise.