domingo, setembro 16, 2012

Dia de Falar como Pirata


Se você é pastafariano ou simplesmente tem um fantástico senso de humor, está chegando a hora de comemorar o Dia de Falar como Pirata.
Comemorada em 19 de Setembro, esta data é uma homenagem ao estilo de conversa dos piratas, bucaneiros, flibusteiros e corsários que aterrorizavam os Sete Mares nos bons tempos da descoberta do Novo Mundo e em que tráfico de mercadorias entre os continentes era feito somente por navios.
O sotaque dos piratas era bem característico e foi-se acentuando com o tempo, tendo também sido grandemente exagerado nos filmes e livros sobre o assunto.
Os maiores mercadores dos mares eram geralmente ingleses que vinham para o Caribe em busca de produtos de grande procura na Europa, como o tabaco, e também em busca de saquear os navios dos concorrentes e apoderar-se de seu tesouro. Assim, o sotaque piratístico partiu do inglês europeu, recebeu palavras do espanhol, de dialetos africanos e indígenas, português e francês, além de gírias e neologismos, e passou a ser falado por marujos de todas as nacionalidades, tornando-se uma espécie de dialeto que os homens do mar usavam entre si.
De acordo com a fé pastafariana, os piratas são seres divinos cujo declínio é a causa do aumento dos desastres naturais como furacões, terremotos e erupções vulcânicas. Por isso, homenagear e honrar estas divindades é uma maneira de evitar catástrofes.

Na próxima quarta-feira vamos todos homenagear esta figura histórica intrigante e divertida que é o pirata! 
- E tratem de exercitar a língua, seus cabeças de ostra, ou eu faço andar na prancha! Com mil caracóis!

Glossário piratês (Adaptado de obras literárias e atualizado de gírias contemporâneas)

Camarada, parceiro, marujo = Amigo
Cães sarnentos, cabeças de ostra, sacripantas = Grupo de amigos
Dobrões, tesouro = dinheiro
Jogar aos tubarões = Deixar algo de lado, desistir
Caçar baleia = Fazer algo difícil
Navio, caravela = Carro ou outro meio de transporte motorizado
Bote, jangada = Bicicleta ou outro meio de transporte não-motorizado
Arcabuz, bacamarte, mosquete, bombarda = Armas com as quais vamos ameaçar nossos inimigos de morte
Saqueador, cão-de-água-rasa, palerma = Pessoa de quem não gostamos
Sereia = Namorada ou esposa
Corista = Mulher bonita ou interessante
Meretriz = Mulher desagradável
Papagaio de pirata = Pessoa grudenta, que não sai de perto, ou que aparece na foto de estranhos (photobomb)
Levantar âncoras, enfunar as velas, todos ao convés = Hora de ir embora, ou de ir trabalhar
Carga, tesouro, barris = Qualquer coisa que seja do seu interesse. Objeto de valor.
Carraspana = Chamar a atenção.
Andar na prancha = Levar uma bronca, ser castigado.
Ler a sorte = Esperar em vão.
Abandonado na ilha deserta = Deixado de lado, excluído de algum evento.
Fúria do mar, tempestade = Bebedeira
Grogue = Bebida alcoólica

Referências ao Capitão Barba Negra, a tesouros enterrados, navios fantasmas, escorbuto e monstros marinhos podem e devem ser incluídas em todos os diálogos.

Interjeições

As interjeições não precisam necessariamente ter sentido, apenas exprimem espanto, ênfase ao que foi dito, raiva ou surpresa.

"Com mil caracóis!"
"Macacos me mordam!"
"Com mil demônios!"
"Salve-se quem puder!"
"YAAAAARRRRHHH!!!"

É isso aí, seus bufões com escorbuto! Espero que gostem e comemorem a caráter o Dia de Falar como Pirata.
Deixem suas contribuições nos comentários, ou furarei seus olhos! YAAARRR!

2 comentários:

Larissa Bohnenberger disse...

Ah, jura? Taí uma data que eu não sabia que existia! Mas vou aderir à brincadeira! Adoro piratas!!!

Bjs!

Prety Joe disse...

Hi Bada,
I loved reading this piece! Well written! :)

Prety Joe
cheap makeup